09 junho 2010

O espaço que se ocupa

Enquanto você me deixava
outra se aproximava
discreta,
sem alarde,
humilde
e despretensiosa.

Veio de calça jeans
blusinha branca
havaianas
andando
e sorrindo.

Tinha convicção
Sabia o que era
e tinha certeza
do seu espaço:
nunca temeu viver.

Seu nome:
simplicidade.

Um comentário:

Agnes: disse...

Posso pedir um favor? Permissão pra botar esse poema no meu blog depois.