01 agosto 2010

Ligaram

Eles me ligaram
- Ei, vamos?
Eu respondi:
- Estou aqui, vocês sabem.
Ouvi um grito lá do fundo:
- Não vamos para o mesmo lugar!
- E saia daí!
Fiquei calado, pensando.
Depois, rompi o silêncio
ao ouvir novos gritos:
- Eu estou aqui, como sempre.
Não sairei para qualquer canto.
Não.
Um deles, ela, berrou:
- Um "sim", de vez em quando,
pode ser apenas um "sim".
Berrei também:
- Ainda não!
E ela retornou, sussurrando:
- "Talvez" já seria um bom começo...

3 comentários:

Marina Morena disse...

um talvez sempre me deixa mais agoniada do que um sim ou um não .

Maria Carolina disse...

Adorei ! me identifiquei! só dou não ... e meus amigos pedem sempre pelo menos um talvez!

Juliana Faria disse...

Talvez é dúvida. E quem gosta do que é incerto?
Haha enfim.. Sou amiga da Marina Morena ali de cima, ela me mandou o link do seu blog! Gostei bastante e resolvi comentar! :)
Beijos!