28 setembro 2009

Do espaço à refeição

Neste espaço onde o espaço é uma criação
Criar se torna um espaço avesso aos limites
Os limites do espaço são as limitações das escolhas
Escolhas que nos levam ao acaso
Ao acaso que nos arrebata do mesmo
E nos leva ao indefinido
Indefinido que nos cerca
E cerca para devorar.

5 comentários:

Mah disse...

Escolhas que nos levam ao acaso?

Mas se são escolhas, como pode levar a um acaso?

Giovanna Bhering disse...

Muito bom!!

Anônimo disse...

Como sabemos ao que nos leva nossas escolhas? Toda escolha é um acaso. E a contradição humana, uma essência.

Fred Pagnuzzi disse...

Se soubéssemos o que existe após as escolhas, poderíamos dizer que elas não são o acaso. Mas não sabemos, logo...

Marcela disse...

huuumm... saquei.
Ah, esqueci de comentar, gostei do blog :D