20 setembro 2009

Esteve

Um pingo de chuva.
Uma lágrima.
Néctar das flores.
Desejo dos beija-flores.
Um telefonema.
Uma lembrança.
Uma parte:
longe, alma.
perto, carne.
E assim seguimos:

carne, alma, carne, alma, carne, alma, carne, alma, carne, alma... (...) (...) (...) (...)

2 comentários:

La chica morena disse...

Esse não era o título e eu NÃO permiti que vc roubasse os meus poemas! São meus! Pronto. Disse.

Usnave disse...

Não importa o título. Eles serão sempre seus.